Thais Monteiro Brum

Cabo de Guerra!

Posted on: 17 de janeiro de 2012

 

CABO DE GUERRA

Saiba como vencer o seu.

Tenho refletido sobre a dificuldade que o ser humano tem de viverem paz. Nósqueremos paz, desde que não sejamos nós a pagar o preço por ela. Há um desejo um tanto sombrio em nossas emoções de alcançar vitória sobre o próximo, ainda que maquiemos isso usando a palavra justiça. É impressionante o quanto não importa quem começou uma briga. Uma vez que ela existe, ninguém quer perder. E a minha conclusão é: Não queremos paz tanto quanto queremos ter razão. Nosso poderoso eu é capaz de transformar o dia a dia em um “cabo de guerra”!

Certamente você conhece esta brincadeira, mas encontrei esta definição na internet: “dois grupos se esforçam para puxar um cabo ou corda. O objetivo é fazer o grupo rival cruzar a linha central ou forçá-lo a cometer uma falta, que geralmente se dá na queda ou escorregão de um dos integrantes”. Não há idade limite, mas para os adultos este o jogo pode ser perigoso.

Seja entre amigos ou em família, todos os relacionamentos humanos tem seus dias de cabo de guerra. Não exatamente uma corda e sim uma situação em que dois lados sentem-se igualmente vítimas de injustiças, ofensas, palavras ou atitudes que lhe fazem crer ter toda a razão. Se você está segurando um dos lados deste cabo hoje, esta mensagem é para você.

Se temos diferenças com alguém, costumamos orar para Deus mudar o coração da pessoa ou mostrá-la quão cega está por não ver as coisas como nós. Não compreendemos que agir assim é a verdadeira cegueira. Para Deus não interessa quem vai ouvir um pedido de desculpas ao final, mas sim que exista um final (Hb 12:14). Precisamos aprender que na caminhada cristã os padrões que definem a vitória humana são diferentes dos de um jogo. Não somos vencedores apenas se terminarmos ouvindo as três palavrinhas mágicas “você tem razão”. Vencemos quando enxergamos que somos maiores do que aquela situação e que não vale a pena continuar fazendo tanta força para puxar o lado rival ao chão. Para um cristão, vencer um cabo de guerra é ser capaz de soltá-lo.  Pare tudo e reflita! O ser humano do “lado de lá” pode deixar de ser oposição e se transformar em base aliada com um passo de amor dado por você (Rm 12:8).

É bem difícil, mas é possível vencer satanás. Ele é o verdadeiro assassino, ladrão e destruidor dos relacionamentos humanos. Soltar o cabo de guerra não é perder para alguém. É vencer o diabo. É dizer a ele: sou maior do que a ira, o rancor, o ressentimento que você está tentando semear em mim.

Não existem relacionamentos perfeitos, pois não somos perfeitos. Mas eu quero ter relacionamentos saudáveis. Se você leu isso e está pensando “eu também quero, mas não sei como” preste atenção aqui: eu também não sei. Mas a grande notícia para nós é que Jesus sabe. Ele é o príncipe da paz (Is 9:6)! E na palavra de Deus encontramos as mais inteligentes estratégias nesta batalha pela conquista da paz cotidiana. Eis algumas:

1ª – Ore. “Quando orardes, dizei: Pai nosso… venha o teu reino” (Lc 11:2). Em qualquer situação, nossa primeira atitude deve sempre ser invocar o governo, o controle de Deus. Deus precisa reinar em nossos relacionamentos!

2ª – Renuncie. “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo” (Lucas 9:23). Quando colocamos Deus “no trono” automaticamente saímos do mesmo. Negar a si mesmo entre outras coisas é abrir mão dos muitos argumentos que podemos ter. A decisão do silêncio é um segundo de morte que produz muitas horas de vida.

3ª – Reflita. “Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado” (Pv 19:2). Se formos capazes de suportar a força da ira momentânea, ela passará e então veremos o quanto nos arrependeríamos das palavras que seriam ditas. Não aja por impulso!

4ª – Troque de lugar. “E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também.” (Lucas 6:31). Se colocar no lugar da outra pessoa é uma experiência que pode mudar totalmente a sua perspectiva de um fato.

5 – Honre. “preferindo-vos em honra uns aos outros.” (Romanos 12:10) A busca pela própria honra gera uma constante frustração. Mas se todos buscassem valorizar o próximo, automaticamente todos seriam valorizados.

Enquanto o mundo nos estimula a vencer as pessoas, a Bíblia nos ensina a vencer com as pessoas. Agora, sob quais dessas influências vamos agir a escolha é nossa. E aí? Quer vencer de verdade?

“Ora, o mesmo SENHOR da paz vos dê sempre paz de toda a maneira. O Senhor seja com todos vós.” (II Tessalonicenses 3 : 16)

Carinhosamente em Cristo,

Thais Monteiro Brum

Anúncios

Expresse sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Thais Monteiro Brum

Sentindo e curtindo no ar um cheiro de novos tempos

“Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz…” Isaías 43:19

Olá amados de Deus!

A paz e a graça do Senhor Jesus sejam com todos.

Este ano tem sido um ano muito especial e poderoso em Deus. Em muitos aspectos sinto a minha vida e a vida de pessoas que amo avançando rápido para diversas mudanças positivas. Há um sentimento em muitos corações de que este é um tempo de viver o novo de Deus.

“E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.” (Apocalipse 21 : 5)

E dentro deste contexto de despertamento, renovo, mudanças e avanços espirituais estou recomeçando um blog, do zero. Sinto que será uma oportunidade maravilhosa de repartir com mais vidas aquilo que vivido com Deus e já a quase 10 anos venho repartindo em sites diversos.

Espero que este seja um lugar para você ser abençoado sempre que desejar ou precisar. Espero também que aqui eu seja abençoada pelos comentários que chegarão.

Mais do que sentir um cheiro de “novos tempos” é preciso viver estes novos tempos. E isso só se faz dando NOVOS PASSOS.

Que cada coração seja encorajado neste dia a buscar uma alegria e vigor novos na presença do Senhor. Que cada coração esteja disposto a pagar o preço embutido no caminho de novas conquistas.

Um Deus grande faz grandes coisas na vida daqueles que se colocam à Sua disposição para viver Seu Querer.

“Porque, quanto ao SENHOR, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele…” (II Crônicas 16 : 9)

Com amor

Thais Monteiro Brum

http://twitter.com/#!/thaissmbrum

“Ensina-nos a contar os nossos dias…” (Salmos 90:12)

janeiro 2012
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
%d blogueiros gostam disto: